Seja Bem-Vindo!
Sobre nós
Psiquiatria
Medicação
Tratamentos
Contato
Localização

Entenda como a psiquiatria promove qualidade de vida!

 

 

Qualidade de vida é um termo que descreve a qualidade das condições de vida de um indivíduo levando em consideração fatores como a saúde, a educação, o bem-estar físico, emocional e mental, expectativa de vida etc. Fatores como a família, amigos, emprego ou outras circunstâncias da vida também se relacionam.

 

Atualmente são crescentes as mudanças no estilo de vida das pessoas. Estamos cada vez mais escravos do tempo, seja pela busca incessante de um melhor padrão de vida, pela crise financeira, que afinal de contas é mundial, ou então pelo medo de perder o emprego. São inúmeros os motivos que nos obrigam a trabalhar aproximadamente 15 horas por dia (se não mais). Além disso, existem outros fatores que conturbam nosso cotidiano, pois diariamente somos bombardeados pelos problemas da falta de segurança nas ruas, a educação dos filhos, condomínio, o trânsito e etc.

 

A pressão é tanta que chega um momento em que habitualmente dizemos que o tempo está passando depressa e nem nos damos conta de que o Natal já chegou. Estamos vivendo uma vida mecanizada e quando menos percebemos estamos achando que as 24 horas do dia já não nos são mais suficientes, que o trabalho e a família parecem não se conciliarem, você passa  não a conversa mais com sua família e acaba tendo problemas de relacionamento no trabalho. Você se isola e está com problemas.

 

Muitas pessoas acabam ignorando certos desconfortos e tentam continuar. O que acontece é que chega uma hora que tudo isso se torna insuportável e diante de um simples contratempo você fica paralisado, sem reação, sente-se perdido e não vê solução para nada. Você já está doente. O estresse, a depressão, a insônia, a gastrite, o desânimo, o cansaço, a ansiedade, a dor nas costas, seja o que for já tomou conta de você e de sua vida e você pode não ter se dado conta de que precisa de ajuda.

 

Se você não fizer nada a esse respeito, progressivamente poderá ir perdendo sua capacidade produtiva (laborativa) e conseqüentemente seu emprego fica em risco. As discussões em casa tanto com o (a) parceiro (a) como quanto os filhos vão se tornando cada vez mais comuns e perdê-los também não fica muito difícil.

 

Você sabia que 70% das pessoas que tem problemas com álcool e ou drogas tinham primeiramente um transtorno depressivo e/ou ansioso. E que o risco de suicídio em pacientes com transtorno depressivo é de cerca de 5%. Esses dados assustam!

 

Você não tem a obrigação de se tornar um super herói e dar conta de tudo. O corpo humano tem um limite que precisa ser respeitado e necessita de cuidados. Doenças emocionais trazem prejuízos físicos. Se a mente não está bem, o corpo não acompanha.

 

O que é preciso entender é que o dia nasce para todos e com a mesma duração, não sinta vergonha de achar que não esta dando conta e pedir ajuda! Você pode estar doente e por isso não consegue ter prazer em sua vida.

 

 

Ultrapasse seus preconceitos e ganhe qualidade de vida conhecendo a psiquiatria:

A psiquiatria é uma das especialidades da medicina que mais avança.  Ela lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das doenças mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional, tais como depressão, transtornos de ansiedade, insônia, estresse, transtorno bipolar,transtorno de hiperatividade e déficit de atenção, equizofrenia etc.  Sua meta principal é o alívio do sofrimento psíquico e o bem-estar psíquico. Para isso, é necessária uma avaliação completa do doente, com perspectivas biológica, psicológica, sociológica e outras áreas afins. Como é uma ciência médica, medicação e outros técnicas de base biológica tem um papel crucial no tratamento, mas o psiquiatra pode também se especializar em psicoterapia e usá - la para tratar as doenças mentais.

Avaliação Inicial

Qualquer que tenha sido o motivo da consulta, o psiquiatra primeiro avalia a condição física e mental do paciente. Para tal, é realizada uma entrevista psiquiátrica detalhada e se necessário, outras fontes são consultadas, como familiares, profissionais de saúde e assistentes sociais. Também poderá ser aplicadas escalas de avaliação psiquiátrica. O exame físico é realizado para excluir ou confirmar a existência de doenças orgânicas como enfermidades neurológicas ou  doenças da tireóide e também avaliar o estado geral completo do paciente.Nesta avaliação inicial também podem ser avaliados exames laboratorais e de imagem para melhor entender outras doenças que possam interferir no estado emocional. Baseado nas informações coletadas, o médico faz o diagnóstico e propõem a terapêutica mais adequada.

Pedir ajuda é uma atitude inteligente, viver com qualidade de vida  é algo alcançável, só depende de você!

 

 

Saiba: Sobre Nós

 

Saiba: Doenças e Tratamentos

 

Saiba: Medicamentos

 

Fale Conosco

 

Localização

 

Tell a Friend

Site Map